A vitrificação de vidros é um processo utilizado na manutenção dessas superfícies que impede a fixação de sujeiras pesadas, melhora a visibilidade e restringe a necessidade de polir e encerar frequentemente. Portanto, além de conservar as áreas tratadas, este é um serviço que garante praticidade na rotina de qualquer dono de veículo.

Continue lendo esse post e saiba mais sobre a vitrificação de vidros. Desde para que serve este procedimento, até quais benefícios ele pode oferecer para o seu veículo. Confira!

Para que serve a vitrificação de vidros

A manutenção do veículo por meio da vitrificação de vidros o protege contra riscos leves, fixa por mais tempo o brilho do polimento, facilita a lavagem, proporciona economia de água e sabão e permite a remoção de poeira com apenas um jato de água.

Através desse procedimento, é possível diminuir diversos fatores de preocupação relacionados ao estado do carro e facilita a vida de seus proprietários. Pelo princípio da ancoragem, os vitrificadores tornam a superfície mais lisa e esteticamente aprazível. 

O procedimento também elimina a necessidade do limpador para-brisas se o veículo estiver acima de 50 quilômetros por hora. Além disso, o hidrorepelente e o óleo repelente possuem efeito que  dura até 5 anos e eles protegem o veículo contra manchas e fezes de pássaro, por exemplo.

Para as pessoas que não possuem garagem coberta, a vitrificação é uma excelente opção, pois garante maior resistência das superfícies do automóvel. 

Vitrificação e cristalização: Entenda a diferença

A cera cristalizadora foi utilizada por muito tempo para o cuidado dos veículos. Com o surgimento da vitrificação, entretanto, ela se tornou uma alternativa menos atraente.

A cristalização aplica uma cera selante na pintura para proteção contra agentes ambientais e tem duração de 4 a 6 meses. Já a vitrificação é feita por meio de um vidro líquido, também para proteção, mas com duração de até 5 anos dependendo do produto.

Cria-se uma película resistente que dura 9 horas na vitrificação, enquanto na cristalização esse tempo é de 3 horas. O processo fecha os poros do verniz, tornando fácil a limpeza.

Depois de aplicados os produtos específicos na vitrificação de vidros ou de pintura, o carro não deve ser lavado antes do tempo de cura, que é de 12 dias.

Para quem costuma trocar de carro com frequência, talvez a cristalização seja mais favorável. Mas, quem permanece com o veículo por um período de mais de dois anos, a vitrificação é mais recomendada.

Não existe, entretanto, uma grande diferença de preços entre esses dois processos e, além de ter uma conservação mais prolongada, esteticamente a vitrificação é mais atrativa.

Vitrificação de vidros- Quais etapas envolve?

O procedimento envolve quatro etapas, sendo elas polimento, lavagem, descontaminação e aplicação dos produtos.

Esses componentes têm duração de 3 a 5 anos e não possuem resina, cola ou parafina e, portanto, não impregnam o material.

Benefícios da Vitrificação de vidros

Entre os principais benefícios de ter seu carro devidamente conservado com a vitrificação de vidros, estão:

Como vimos, é preciso estar atento ao cuidado dos veículos para que eles permaneçam valorizados e para garantir praticidade no dia a dia de seus proprietários. Agora você já sabe o que é, para que serve esse procedimento, por que é indicado, os benefícios e as diferenças entre cristalização e vitrificação. Esperamos que tenha gostado deste post! Se você tem alguma dúvida ou se está interessado nos benefícios da vitrificação de vidros, entre em contato conosco!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.